Teste de Tradução

 

Podes fazer o download do teste aqui.

Dentro da pasta encontrarás dois ficheiros .ass (formato da legenda), um programa chamado Aegisub que usarás para abrir a legenda e o vídeo do episódio que irás traduzir (ou parte dele).
Existem dois ficheiros de legendas, sendo que no primeiro terás apenas de traduzir frases soltas e o segundo ficheiro já é verdadeiramente o episódio. Dentro da pasta terás instruções para te ajudar a abrir o vídeo dentro do Aegisub, mas é tudo bastante intuitivo.
Também vais reparar que existem três ficheiros de instalação do Aegisub, sendo que dois deles são para Windows (32bit e 64bit) e outro para Mac.

Quando terminares submete o teste através do formulário na página de Recrutamento.

Antes de mais, traduzimos segundo o novo acordo. Se tiveres dúvidas sobre o novo acordo, visita este site.

 

Tradução

Traduzir não é apenas pegar em palavras inglesas e colocá-las em português. Traduzir também é adaptar o texto à nossa forma de falar ou escrever em português correntemente. Nem sempre temos de abusar na adaptação, pois por vezes a melhor tradução é mesmo a literal. Traduzir literalmente, mas escrever de forma corrente costuma ser o mais indicado. Pode parecer um contrassenso, mas fará mais sentido com a experiência.

A melhor forma de explicar é visualizando este vídeo:

Para finalizar a ideia, a legendagem é um processo de tradução e adaptação. O objetivo é traduzir sempre de forma mais simples e corrente possível, sem estragar o significado da frase ou aquilo que ela representa.

 

Interjeições

Há muitos tradutores que caiem no erro de traduzir literalmente o texto em inglês, principalmente interjeições como “huh“, “hum“, “eh“, “ah“, etc. Enquanto que as interjeições são bastante usadas em inglês, em português usam-se pouco ou no nosso caso não se usam. Em vez de usarmos interjeições, usamos palavras ou frases que têm o mesmo significado. O não uso das interjeições, de certa forma, embeleza mais as legendas como podem verificar: Imgur – Parece até mais profissional e limpa a segunda versão.

Pode-se então adaptar interjeições da seguinte forma:

Huh/Hã -> “Como?” / “O quê?”
Ah -> “Pois” ou preferencialmente omitir.
Ow/Ai -> Omitir.
Shh -> A tradução direta é “psiu“, embora também possamos traduzir para “Cala-te”, “Caluda”, ou preferencialmente omitir.
Eh -> “O quê” entre outras variações ou omitir.

 

Estrangeirismos

O inglês faz cada vez mais parte do nosso vocabulário quando enviamos SMS ou comentamos algo na net e, por isso, podemos cair no erro de não traduzir ou de não usar a palavra correta em português. O exemplo disso são palavras como “hobby“, “phones“, “blog” entre outras. Estes exemplos têm traduções diretas como “passatempo”, “fones” e “blogue” que devem ser sempre usadas. Existem algumas exceções como “website“, “light novel“, “smartphone“, “software“, etc. Nestes estrangeirismos usamos essas mesmas palavras, mas sempre em itálico.

Outra palavra que costuma ser erradamente usada é “Ok” que tem de ser sempre traduzida para “Está bem”, “Pois”, “Tudo bem”, “Sim”, etc dependendo do contexto.

Aqui está um bom artigo sobre estrangeirismos.

 

“Porque / Porque é que”

Quando possível, deve-se evitar usar “Porque é que” porque cansa a leitura e fica muito melhor e mais simplificado se usarmos só “Porque”, “Por que” ou “Por que motivo”.

 

Pontuação

Normalmente, as fansubs inglesas acabam frases com um traço “-” em situações onde a personagem não acaba o que está a dizer.
Nestas situações usamos as reticências. Ex:. “O que estás a…”

Ainda nas reticências; nas traduções inglesas escrevem as palavras juntas às reticências, em português temos de dar um espaço depois delas. Ex:. “… não sabia.”

 

Pronomes Pessoais

Tenta evitar o uso excessivo de pronomes pessoais. (Eu, tu ele, nós, vós, eles)
Podemos traduzir sem os pronomes pessoais da seguinte forma: “I went to the store.” Ficaria então: “Fui à loja.” em vez de “Eu fui à loja”.
Esta dica não é para ser aplicada em todas as situações, pois o uso de pronomes é bom para dar ênfase, mas depende sempre do contexto. De forma geral, a omissão de pronomes mantém a legenda limpa e mais fácil de ler.

 

Dicas e afins

Volta a ler a frase após estar traduzida. Se achares que soa um pouco estranho, quer dizer que está mal construída/traduzida e terás de arranjar outra forma de adaptar à nossa língua.

Tenta adaptar a tradução consoante o seu contexto ou de forma como falamos na vida real.
Lê a frase inglesa e tenta compreendê-la. Se souberes japonês ou o que determinadas palavras significam ainda melhor! Usa isso para construíres a melhor frase possível. Não te limites a traduzir literalmente, usa outras expressões que tenham o mesmo significado. Tenta também resumir a frase traduzida para não ficar demasiado longa, mas resumida o suficiente para que não perca o seu significado.

Evita tradutores automáticos! Em vez disso, usa sites como o WordReference que te ajuda a perceber o contexto ou significado de palavras inglesas. Ele também te sugere traduções, mas podem não ser as mais indicadas. Se pretenderes saber mais sobre alguma palavra inglesa também podes visitar o site thesaurus.

Usa sempre o Priberam caso queiras pesquisar sinónimos ou saber o significado de alguma palavra em português. Caso tenhas dúvidas gramaticais pesquisa no ciberdúvidas.

Também é altamente recomendado dares uma vista de olhos nestes dois tópicos no fórum do GoldTugAnime:

[Tutorial] Normas de Tradução

[Tutorial] Em Bom Português

 

Qualquer dúvida, procura por mim no Discord. (Hitman#8124), manda mensagem pela nossa página do Facebook ou envia um e-mail para [email protected]
Boa sorte.